Na tarde desta quarta-feira (11/05), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou através de suas redes sociais que assinou o decreto que aumenta o valor do auxílio-alimentação para todos os servidores do GDF. A partir de julho, o benefício deixa de ser de R$ 394,50 e passa a ser de R$ 640.

O reajuste do auxílio-alimentação é uma luta antiga do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate). Diversas vezes, os diretores foram até o Palácio do Buriti para solicitar e cobrar o reajuste ao governador e também para protocolar ofícios pedindo que o projeto fosse apresentado à CLDF.

Os técnicos em enfermagem da SES não tinham reajustes no auxílio alimentação desde 2011. É importante ressaltar que a categoria não recebe reajuste salarial há mais de 10 anos.

O diretor do Sindate, Newton Batista, está muito feliz com o reajuste do auxílio alimentação. “Estávamos esperando que esse reajuste fosse implementado há muito tempo. Agora com o decreto, o governador valoriza esses servidores. Nós do Sindate vamos seguir lutando e cobrando o reajuste salarial dos técnicos em enfermagem”, frisou.