O Hospital Regional do Gama(HRG), recebeu na manhã desta quinta-feira(30/07), o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (Sindate-DF), para apurar denúncias de irregularidades feitas pelos profissionais da saúde. 

Os diretores do sindicato Newton Batista e Isa Leal, reuniram-se com o gerente de enfermagem Anderson Rodrigues, para expor as reivindicações dos trabalhadores. Dentre os pontos citados está o desvio de função dos técnicos de enfermagem, que estariam sendo coagidos a realizarem atividades para instalação de bolsas de sangue e coletas de swab, designadas aos técnicos de laboratório. Estes estariam negando-se a entrar na área do Pronto-Socorro que atende os casos de Covid. 

Durante a conversa, os diretores do sindicato expuseram a sobrecarga de trabalho dos colaboradores e solicitaram que eles exercessem as funções de origem a que foram convocados. Em resposta, o gerente de enfermagem afirmou que iria apresentar o desejo do sindicato em reunião com o superintendente. 

Clínica Ortopédica

Na última sexta-feira(24/07), o Sindate esteve no hospital para discutir soluções referente às condições de trabalho na Clínica Ortopédica, que iniciaria um processo de rodízio com a Clínica Cirúrgica.

Hoje, foi informado que os trabalhadores da ortopedia não participarão do rodízio, apenas os colaboradores da clínica cirúrgica, que tiveram o setor fechado. Para que os profissionais não fiquem ociosos, estes estão sendo direcionados para reforçar a equipe responsável pelo Covid. 

O Sindate está atento, atendendo as demandas da categoria para evitar que a sobrecarrega de trabalho aumente ainda mais. O sindicato está de olho.