O vice-presidente licenciado do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate-DF), Jorge Vianna, tomou posse como deputado distrital no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal. A solenidade aconteceu na manhã dessa terça-feira (1) e marcou o início dos trabalhos da oitava legislatura, que vai até 2022.
jorge-vianna-plenario-cldf

Vestido com o uniforme do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) ao invés do terno e gravata, o parlamentar quebrou o protocolo e surpreendeu quem estava presente na solenidade. O uso do uniforme, que continha a descrição “deputado”, foi uma forma de representar a categoria que ajudou a elegê-lo: os auxiliares e técnicos em enfermagem.

Comissão

Por unanimidade, o deputado Jorge Vianna foi eleito presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC). Para o deputado, presidir a Comissão será um dos maiores e mais importantes desafios dentro da Casa. Juntamente com Vianna, outros quatro deputados irão gerenciar os trabalhos da comissão.

jorge-vianna-tribuna-cldf

“Eu aceitei esse desafio, por vir, justamente, do meio tanto educacional quanto da saúde. Não sou nenhum neófito na área, sou professor de formação, sou técnico em enfermagem e enfermeiro, e essas duas áreas eu entendo muito”, afirmou. “Quanto à cultura, essa é uma área que, embora eu não tenha muita habilidade, temos outros membros na Comissão muito capacitados e as demandas que vierem trarão muito conhecimento para nós”, explicou.

De acordo com o diretor Sindate-DF, Newton Batista, ter um representante da saúde como deputado distrital é muito importante para o sindicato e para a categoria. “Ficamos felizes pelo Jorge ter sido eleito presidente desta Comissão. Não poderia ser diferente por ele ser o representante da saúde. Esperamos que ele desempenhe um excelente papel nessa função, assim como desempenhou em suas atividades no sindicato”, enfatizou Batista.

Histórico

Como vice-presidente do Sindate-DF, Jorge esteve à frente das principais lutas e reivindicações da categoria nos últimos anos e denunciou, à imprensa e aos órgãos competentes, diversas irregularidades na saúde do Distrito Federal.02

Vianna assegurou que continuará contribuindo com a saúde, como faz há mais de 15 anos no serviço público, só que agora como deputado. “Minha intenção foi mostrar para população que eu me coloquei a disposição para resgatar a saúde pública do DF. Eu costumava falar que com o macacão do Samu eu salvava de uma a duas vidas e como deputado poderei fazer muito mais”, declarou.

Como de praxe, os distritais empossados prestaram juramento e se comprometeram a cumprir as determinações da Constituição Federal e da Lei Orgânica do DF. Ao falar a palavra “prometo” na tribuna, Jorge estendeu seu compromisso “pelo resgate da saúde pública”, principal bandeira levantada durante sua campanha e agora, em seu mandato.

Por Leandro Montes com informações Evely Leão