Por Érika Sousa

Dando continuidade às ações referentes ao Outubro Rosa, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), iniciou nesta segunda-feira (26), o Mutirão de Reconstrução de Mama.

Esta já é a 6º edição desta iniciativa que beneficia diversas mulheres que sofreram com o câncer de mama. A ação consiste na realização de mastectomia, de reconstrução imediata e de tatuagem de aréolas das mamas. Por conta da pandemia relacionada ao COVID 19, neste ano os procedimentos serão em menor quantidade. Ao todo serão realizadas 40 cirurgias até o dia 30/10.

A equipe médica que desempenhará a função, é formada por profissionais da unidade e demais voluntários capacitados da área.Todas as pacientes passarão pelo exame que detecta o coronavírus e a equipe foi instruída a tomar todos os cuidados necessários para evitar a proliferação do vírus.

O diretor do Sindicato de Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate-DF), Newton Batista é voluntário desse mutirão há 4 anos e declara: “É muito importante a nossa participação nestes movimentos, porque demonstra que além de termos preocupação com os trabalhadores, nos preocupamos com a saúde de toda a população. É um meio de fazer a integração de várias categorias, para o benefício dos usuários do SUS.